Apoio no contraturno

13-09-2013 12:40

4. Apoio no contraturno

Assim como ocorre com crianças com outras deficiências, o aluno surdo que frequenta uma classe regular deve receber apoio específico no contraturno, ou seja, no horário em que não estiver na aula. Nesse período, ele terá o apoio de professores que dominam a língua de sinais e podem auxiliá-lo a resolver dúvidas e a se comunicar melhor, além do contato com materiais também específicos. Em Santo André, na Grande São Paulo, a psicopedagoga Mary Lopes Frizanco assessora a inclusão de mais de mil alunos surdos que frequentam a escola regular. "Esse apoio a mais é essencial", enfatiza ela, que também acredita no exercício do bilinguismo, ou seja, que a criança não abra mão da língua de sinais. "Acredito na inclusão, mas não a qualquer preço", diz.