A história por trás no nosso Projeto

                                                     
 

 

O Projeto foi idealizado e criado em 20 de janeiro de 2014, pelo Professor Silvio Carlos Júnior (Licenciado em Filosofia; Especialista em Libras, Educação Inclusiva, Especial e Politicas Públicas; Extensão Universitária Interprete de Libras; Curso de Libras para Iniciantes - Instituto Severino Fabriani em parceria com a Universidade de Pernambuco (UPE)- 280h), e posteriormente recebeu a pareceria da Professora Patrícia Elaine (Licenciada em Letras, Licenciada em Pedagogia, Graduada em Ciências Sociais - Resolução de 2ª Licenciatura Trancamento em julho/2013; Especialista em LIBRAS; Tradução e Interpretação de LIBRAS - Esfera Educacional, e cursando Educação Especial e Inclusiva, tornando-se assim este sonho possível.

 

O Profº. Silvio, tendo três primos surdos na família, se sensibilizou em querer ajudar os seus primos, e por uma força de vontade e sede de aprender a Libras, começou a pesquisar e estudar sobre esta língua que seria legitimada posteriormente no ano de 2002.

 

Em 2012, após entrar contato com uma comunidade escolar, na qual oferece ensino especializado para crianças surdas na região do Itaim Paulista em São Paulo, o professor, começou a desenvolver trabalhos voluntários na mesma, posteriormente remunerado e por conseguinte continuou a mergulhar no mundo da Libras e da Cultura Surda.

 

A Professora Patrícia, foi voluntária na Associação do Apoio aos Surdos do Alto Tiête, onde passou a também, a se aprofundar no mundo da Libra, e posteriormente trabalhou em Escolas com alunos surdos, na função de Interlocutora de Libras. Conheceu o professor Silvio, e os dois tocaram este projeto juntos.  

FUNDAMENTAÇÃO

 

Descrição: Inauguração do Projeto

Inauguração do Projeto

 

"Projeto Libras para Todos", visa promover o aprendizado da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) à alunos, professores e comunidade em geral que se interessa por esta Língua. Na qual oferecemos Cursos de Língua Brasileira de Sinais nos Níveis Básico I e II, Intermediário I e II e Avançado I e II.

 

Na perspectiva de atender a legislação brasileira que garante a valorização e formação dos trabalhadores em educação, o Projeto entende a necessidade de capacitar profissionais com a finalidade de possibilitar a comunicação pela Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS - disseminando e ampliando a inserção desta, possibilitando a aproximação e desconstruindo as barreiras comunicacionais entre surdos e ouvintes. Além disso, o Projeto, também, dispõe de interpretes/Instrutores de Libras para Conferências, Palestras, Simpósios e Eventos Civis e Religiosos em geral.

 

A legislação brasileira, conforme o Decreto nº 5.626, de dezembro de 2005, regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, e o art. 18 da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000, reconhece a Libras como Língua e considera-se pessoa surda aquela que, por ter perda auditiva, compreende e interage com o mundo por meio de experiências visuais, manifestando sua cultura principalmente pelo uso da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS.